• Página Inicial
  • Biografia
  • Posts RSS

De que valem essas palavras?



Do que valeria o passado
Se não fosse a lembrança?
Do que valeria o futuro
Se não fosse a esperança?
Do que valeria a lucidez
Se não fosse a loucura?
Do que valeria a viagem
Se não fosse a aventura?
Do que valeria o sonho
Se não fosse o desejo?
Do que valeria a tempestade
Se não fosse o lampejo?
Do que valeria a fé
Se não fosse invisível?
Do que valeria o destino
Se não fosse imprevisível?
Do que valeria o arte
Se não fosse o fulgor?
Do que valeria a vida
Se não fosse o amor?

9 comentários:

Balinha disse...

Adorei esse texto ! foi o melhor que li ! excelente e agradavel

Pabllo Araújo disse...

(Y) Excelente o Texto..
Parabéns!

Felipe disse...

Curti o texto, simplesmente excelente!

Sarah Dobbin disse...

Adorei...curti muitooo! :o)

Nanna disse...

De que valeria a saudade se não fosse a distância?

Te quero sempre. ♥

Willian disse...

Maneiro de mais :)

Drix Brites disse...

Puta que pariu, é bonito pra caralho.. to extasiada.. obrigada pela beleza dessa poesia. bjus, primuuu, mandou muito! Adorei. ;)

Nanna disse...

Atualize it! Os visitantes agradecem ;)

Thiago Barradas disse...

Não sei o porquê do meu gostar exagerado em sempre ler este poema :)

Postar um comentário